Viva o Centro: melhorias para todos

dez 15, 2009
Vista aérea do Centro de Fortaleza, anos 30: ainda horizontal e mais arborizado | foto: acervo Museu da Imagem e do Som – MIS

Vista aérea do Centro de Fortaleza, anos 30: ainda horizontal e mais arborizado | foto: acervo Museu da Imagem e do Som – MIS

por Izabel Gurgel e Kiko Bloc-Boris

Dando início à intervenção no tráfego de veículos na área central da cidade, uma niciativa da Prefeitura de Fortaleza, 10 linhas de ônibus que circulam no Centro passam a fazer novos roteiros. Entre outras vias, fica mais livre a rua General Sampaio, no entorno imediato do Theatro José de Alencar. A Secretária Regional do Centro, Luiza Perdigão, comunica também o compromisso de cuidar das praças da região.

Reunidos no movimento Viva o Centro!, trabalhadores dos mais de 30 equipamentos e instituições culturais sediados no Centro – a maior concentração em Fortaleza – sabem que uma outra experiência de Centro é possível e atuam para fazer valer a potência de atração de público para atividades artísticas. Só o Centro Cultural Banco do Nordeste, por exemplo, recebe mais de 900 mil pessoas por ano.

A Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara de Vereadores da cidade, depois da participação do presidente, vereador Guilherme Sampaio nos encontros Viva o Centro!, vai apresentar à AMC –  autarquia vinculada à Prefeitura de Fortaleza – solicitação coletiva de iluminação da fachada dos equipamentos culturais do Centro.

Leia todas as notas sobre o Centro de Fortaleza

Comentários

Deixe aqui seu comentário

_120x600_CGH_SDU.jpg
Instagram